Como sobreviver à black friday

sobreviver à black friday
Vamos falar já sobre este tema para depois não me dizeres ‘ah Su, nem me avisaste que eu podia ser roubada na Black Friday e eu fui e atirei-me de cabeça nos descontos’.
 
A Black Friday, que este ano será no dia 29 de Novembro (e SUPER Spoiler vamos ter descontos nos produtos e serviços aqui do econoMisses), vai ser um dia de mega corrida às lojas, mega promoções por todo o lado e de MUITO cuidado nas compras.
Por isso, vamos ao que interessa, como é que te podes proteger de um enorme barrete neste dia?
 
A DECO tem uma ferramenta (https://goo.gl/S4HPHk) onde podes fazer uma comparação de preços e esta será, em primeiro lugar, a tua melhor aliada, utiliza-a sempre antes de cada compra. Grava no telemóvel e certifica-te que ela está pronta a funcionar antes de caíres em tentação.
 
Define um orçamento e jamais o ultrapasses, mesmo que seja só mais aquele ‘itenzinho’ que já queres há tento tempo. Não há desculpa, orçamento é orçamento, podes gastar menos, mas, em caso algum, deves gastar a mais.
 
Informa-te bem sobre o preço daquilo que vais comprar antes de estar em promoção. Queres comprar uma televisão da marca x, modelo y, certo! Compara agora o preço nas várias lojas e, quando a Black Friday chegar, vais saber se o preço do desconto é ou não vantajoso. E convém que seja mesmo AGORA, quanto mais perto estiveres do dia, mais os preços irão aumentar para depois se notar o desconto.
 
Mantém-te focada! Assim como fizeste um orçamento também deves definir o que queres comprar e quanto estás disposta a dar por cada peça, só assim farás boas escolhas, sem te desviares do teu objectivo.
 
Pesquisa na net as marcas nas quais tens interesse para perceber se já tiveram queixas associadas a este dia e, se tiveram, risca-as da tua lista.
 
Cuidado com os preços falsos, vais comprar a metade do preço sim, mas no dia anterior o preço já tinha subido 50%, logo o desconto é nulo. Este é motivo pelo qual deves fazer a pesquisa de mercado que sugeri acima.
 
Fica tranquila, se não conseguires o que queres por um bom preço, acredita que há alturas no ano menos badaladas e muito mais vantajosas, como por exemplo os saldos que chegam logo depois do Natal.
 
E conta-me, qual é a tua experiência deste dia? Já fizeste boas compras? Ou já caíste em algumas ratoeiras.