7 Dicas para poupares na ceia de Natal

Vamos recuperar o post desta segunda-feira no Instagram e terminar as nossas 7 dicas para poupares na ceia de Natal. Se perdeste as 4 primeiras elas vão estar todas aqui em baixo por isso, sem problema!
 
De qualquer forma se ainda não segues o Instagram do econoMisses estás a perder tudo o que se passa por lá que é muitooooo conteúdo todos os dias e, muitas vezes, mais do que uma vez por dia (post, stories, dicas, sugestões).
 
And now, post time!
 
Se este ano a ceia de Natal é por tua conta e já começaste a desesperar com o dinheiro que terás gastar, calma!! Vou dar-te 7 Dicas para poupares na ceia de Natal. São dicas muito simples mas que exigem alguma preparação, afinal, ninguém disse que era fácil fazer uma noite de Natal linda e maravilhosa e ainda poupar muito dinheiro!
 
 
Faz um plano
Era óbvio que íamos começar desta forma e esta é uma dica três em um:
– Define um orçamento
– Organiza o menu
– Planeia o que se vai passar em cada fase
 
O orçamento é essencial para ficares dentro daquilo que são as tuas possibilidades financeiras, queremos que toda a gente saia de tua casa bem alimentada mas, vamos evitar que vás à falência por causa disso. Sê realista, é impossível alimentar uma família com 15€, no entanto, dependendo da quantidade de pessoas, talvez não precises de gastar 500€. Uma dica para este orçamento é estabeleceres um valor por cabeça, sendo que já sabes que cada pessoas come entrada, prato, sobremesa, bebida, café e digestivo.
 
Organiza o menu, pensa bem naquilo que vais cozinhar e de que forma te vais organizar, esta é uma ferramenta imprescindível para fazeres boas compras. E lembra-te, queres estar com os convidados nessa noite, por isso, tudo o que se possa preparar com antecedência e que depois possa ‘cozinhar sozinho’, no forno por exemplo, é uma boa opção.
 
Planeia como vão ser servidos os pratos, se há coisas que já vão estar na mesas, de quantas pessoas precisas para te ajudar e o que cada um pode fazer. Desta forma será uma noite tranquila em que todos participam mas ninguém se cansa.
 
 
Reinventa tradições e opta por algo mais ‘em conta’
Em vez de teres bacalhau cozido (uma posta por pessoas) podes ter bacalhau à Brás, bacalhau com natas (uma posta para cada dois), bacalhau à Gomes Sá, bacalhau à Zé do Pipo (adoro!), ou outro bacalhau qualquer que seja mais económico do que o tradicional bacalhau cozido. O mesmo acontece se tiveres que ser tua a fazer o almoço de Natal, podes substituir o peru ou o polvo por opções mais acessíveis.
 
 
Faz tudo em casa
Se optares por fazer tudo em casa vai ser muito mais barato do que comprares feito, afinal é normal que as lojas se aproveitem de ser Natal e vendam as coisas a um preço Natalício e, além disso, as matérias primas de Natal já são, por natureza, coisas caras.
 
 
Aproveita as promoções
No vinho, nas entradas e nos produtos para confeccionares a tua ceia. As promoções são muito comuns nesta época e podem ser as tuas melhores aliadas. Se conseguires, pelo menos nesta fase, aproveitar descontos, promoções, talões e afins, vais conseguir poupar muito dinheiro. E nunca te esqueças de comparar os preços de tudo o que precisas entre os vários supermercados. Posso não ser adepta de que faças todas as tuas compras semanais em vários supermercados (é uma canseira!) mas, nesta altura do ano, vale a pena visitar as várias superfícies e tirares o melhor partido de cada uma.
 
 
Pede o contributo de todos
Toda a gente pergunta ‘queres que leve algo para o jantar?’ e a tua resposta vai ser, ‘sim, o vinho.’, ou ‘ sim, o bolo rei’. Se conseguires pedir contribuições para as bebidas e sobremesas já vais poupar muitooooo dinheiro e, além disso é menos trabalho para ti.
 
 
Não exageres nas sobremesas
E, por falar em sobremesa, podemos já passar a uma dica da qual nunca ninguém se lembra. Poupa nas sobremesas, esta é sempre uma parte onde, para além de se gastar muito dinheiro, há sempre muito desperdício. Na minha família, quando chegamos à fase da sobremesa já toda a gente está cheia e nunca ninguém come nada de jeito e tu vais andar a engordar mais um quilo com ‘restos’ até à passagem de ano.
Aqui tens uma opção muito boa, caso queiras ter todos os doces tradicionais, opta por doses pequenas.
 
 
Aposta forte nas entradas
Não há nenhuma entrada típica de Natal, tirando aquelas coisinhas que estão na mesa para petiscares (frutos secos, queijinhos, enchidos) e que são caríssimas. Deixa-te disso! Faz uma entrada em que as pessoas tenham que estar à mesa e que ‘aconchegue’ os convidados, por exemplo, uma sopa, ou uma salada com um molho especial. Desta forma, poupas nos petiscos e poupas no prato porque já houve um ‘primeiro prato’.
 
Dica extra: Economiza nos presentes de Natal. Se serás tu a alimentar a família, tens oficialmente permissão para oferecer presentes mais em conta. Afinal, oferecer um jantar já é um mega presente geral.
 
Quero saber…és tu que costumas organizar o Natal em casa? Quais são as tuas técnicas de poupança? Ou nesse dia é tudo ‘à grande’?