EconoMisses – Resumo do livro

Que honra poder dar-te um pequeno resumo de um livro meu. Sei que já agradeci muitas vezes, mas volto a agradecer-te porque, só porque estás desse lado e valorizas o meu trabalho é que foi possível concretizar este projeto.

Como tem acontecido com todos os livros que temos lido mensalmente, quero deixar também o resumo deste livro, que tenho a certeza que te pode ajudar em diversas fases da tua vida financeira, principalmente das dívidas aos primeiros investimentos e também naqueles passos que a maioria das pessoas escolhe dar na sua vida como sair de casa dos pais, casar, ter filhos, entre outros.

Peqando nas ideias a reter que podes encontrar no final de cada capítulo, aqui fica o resumo dos principais ensinamentos para quem já leu, ou para quem ainda vai ler e quer saber, de forma mais pormenorizada, o que aqui pode encontrar.

 

Introdução

Na introdução, um capítulo que recomendo ler com atenção podes encontrar alguns conceitos importantes para mim e para a interpretação do livro que te vão ajudar a ter uma melhor e mais fácil jornada pelas restantes páginas. Para além disso conta ainda com um questionário de diagnóstico que te permite avaliar a tua situação atual. O que podes encontrar aqui?
O que é independência financeira para mim
Questionário de diagnóstico
Como ler o livro: lápis e borracha
Noções: mindset financeiro, crenças e escolhas

 

Capítulo 1 – Definição de metas
Ter metas bem definidas é crucial para conquistar qualquer objectivo
Todas as metas devem ser SMART
Todas as metas começam com um sonho, passam para objectivos e concretizam-se enquanto meta

É também neste capítulo que vais encontrar os primeiros mapas a preencher e um código, no canto superior direito da página, um QRCode, para poderes fazer download de todos os mapas.

 

Capítulo 2 – Planeamento
O Capítulo que aborda todos os mapas que são importantes na nossa organização financeira

O mapa de planeamento anual ajuda a ter uma visão abrangente
sobre as tuas finanças em cada ano.
O plano de despesas não mensal ajuda a preparar despesas que podem ser pesadas num só mês, distribuindo‑as ao longo do ano.
O mapa de registo de recebimentos e despesas mensais ajuda a manter o mês organizado, orçamentando, registando e percebendo, a cada momento, quanto ainda tens disponível para gastar em cada categoria.

Conceitos de Orçamento zero, Compensação, etc.
É importante agendar uma estratégia de registo e de controlo que se implemente como qualquer outro compromisso profissional ou pessoal na agenda.

 

Capítulo 3 – Plano de pagamento de dívidas, ou (des)endividamento
Nem todas as dívidas são más e é importante analisar cada caso antes de tomar uma decisão.
As primeiras dívidas a pagar são as que têm uma taxa de juro mais elevada, normalmente será a do cartão de crédito, seguida da do crédito pessoal.
A consolidação de créditos pode ser uma armadilha muito perigosa, capaz de te levar a ter créditos eternamente.
As dívidas não escolhem estrato social e podem ser comuns a pessoas com muito ou pouco dinheiro.
Se queres abater uma dívida, mas a receita mensal não é suficiente para concretizares esse projeto, está na hora de ponderares uma renda
extra.

 

Capítulo 4 – Fundo de Emergência
O fundo de emergência é uma rede de apoio fundamental para teres uma vida financeira equilibrada.
O fundo de emergência deve ser a primeira de todas as poupanças.
O fundo de emergência não tem como principal objetivo a rendibilidade e, por isso, deve ser investido num local seguro e de fácil acesso.
Analisa bem as opções para guardares o teu fundo de emergência.
Lembra‑te de rever o valor do fundo de emergência sempre que alguma situação da vida se altere.
É importante ter em mente que, depois de juntares o teu fundo de emergência, está na hora de avançares para a conquista de novos sonhos e projetos.

 

Capítulo 5 – Estratégia de Poupança
Liquidar dívidas pode ser um dos objetivos da sua poupança.
O fundo de emergência não deve servir para liquidar dívidas.
Planear a reforma é algo que deve acontecer desde que começamos a trabalhar.
Diversificar é fundamental para ajudar a diminuir o risco.
Poupar com o objetivo de concretizar sonhos é fundamental para te manteres motivada.

 

Capítulo 6 – Estratégia de Investimento
Muitas de nós já somos investidoras e ainda não sabíamos.
Se não investires o teu dinheiro, vais acabar por perdê‑lo, sob o efeito da inflação.
Para fazer investimentos certeiros, é necessário colocar as emoções de parte.
Promessas de ganhos rápidos são geralmente um engodo.
No plano para começar a investir passo a passo deverás seguir algumas regras básicas: estudar, planear, definir uma estratégia de poupança, conhecer o teu perfil enquanto investidora, escolher investimentos, ter atenção aos custos, diversificar e analisar as opções que tomas.
Perceber se tens um perfil conservador, moderado, ou arrojado ajuda a escolher e definir a tua estratégia de investimento.
Quanto maior for o risco que estás disposta a correr, maiores serão as possibilidades de retorno.
O juro composto pode ser o teu melhor aliado para multiplicar os teus investimentos a longo prazo.
Em termos de investimentos, podemos investir tempo, dinheiro, ou ambos, já que nem todos os investimentos são apenas monetários.

 

Capítulo 7 – Mapa dos sonhos
Motivação é o que nos faz começar, enquanto a disciplina e a consistência são o que nos mantém no caminho.
Trabalhar na concretização de um sonho com base na motivação é o primeiro passo para que os seus sonhos não se concretizem, o que te irá apenas trazer frustração.
O mapa dos sonhos está longe de ser um material místico, é simplesmente
um lembrete dos objetivos que pretendes conquistar e uma ajuda para fazeres as escolhas mais acertadas.

 

Capítulo 8 – Uma vida em casa
A vida adulta, em que as despesas são muitas e a vários níveis, requer um apertado controlo orçamental que permita um planeamento adequado.
As despesas com a casa, supermercado e alimentação podem ascender a mais de 70% do orçamento familiar de uma família comum.
Planear as compras de supermercado e as refeições pode gerar uma poupança de 50% nestas categorias.
Questões relacionadas com dinheiro devem ser abertamente faladas em casal, desde o início do namoro.
É possível ter um casamento de sonho fazendo as escolhas acertadas.
A chegada de um bebé, quando bem planeada, não tem de ser um momento de stresse financeiro.

 

Capítulo 9 – Primeira análise dos teus registos, planos e mapas
Fazer uma análise da forma como correu o nosso mês é uma oportunidade de corrigir e de melhorar.
É importante que planeamentos e registos sejam fluídos e não processos morosos e pesados, por isso, é importante adequá‑los à tua realidade.
As poupanças efetivas também devem ser analisadas e corrigidas, se necessário.
Olhar para esta análise de uma forma positiva ajuda a tomar decisões para o futuro.

 

Capítulo 10 – Como dar continuidade a este percurso
«Sobe o primeiro degrau com fé. Não é necessário que vejas toda a escada. Dá apenas o primeiro passo.»
Martin Luther King

E se ficaste entusiasmada com o livro e ainda não tens o teu, podes encontra-lo AQUI.