De volta ao mercado de trabalho!

Um dos desejos mais comuns de ano novo é encontrar o nosso emprego de sonho. Quem nunca se sentiu infeliz na sua actividade profissional atire a primeira pedra, mas depois também me digam quantos se acomodam porque o ordenado até não é mau, porque é uma ‘coisa segura’, porque agora ‘não estou num bom momento a nível pessoal’ e toda essa infinidade de desculpa que utilizamos para nos auto convencer de que afinal este trabalho até não é assim tão mau.
 
Minha gente, ser feliz e sentir-mo-nos realizados a nível profissional só depende de nós, do nosso esforço (esse malandro que costumar andar escondido), por isso, vamos arregaçar as mangas e fazer de 2019 o ano da mudança. Eu ajudo com algumas dicas!
 
 
Como voltar, em grande, ao mercado de trabalho?
 
Define onde queres chegar e qual o caminho a percorrer, sem medos
 
Actualiza a tua montra – curriculum, Linkedin, perfis nas redes sociais, fotografias profissionais, tudo onde estás presente
 
Reactiva contactos – divulga que estás à procura de novas oportunidades, quem sabe se alguém que conheces precisa de um colaborador com o teu perfil, ou se serás beneficiada por uma recomendação de um conhecido
 
Inscreve-te em empresas de recrutamento – mas tem paciência para preencher o perfil de forma completa e profissional, sei que às vezes os templates são demasiados extensos, mas é por uma boa causa
 
Faz uma pesquisa activa – ‘Vou dedicar todos os dias 30 minutos a esta causa’ – afinal há mais pessoas à procura do mesmo e é crucial que sejas uma das primeiras a responder à oferta apresentada
 
Envia candidaturas espontâneas – podem precisar de ti naquela empresa/posição em que tanto gostavas de trabalhar
 
Prepara as entrevistas – como possivelmente ainda estás a trabalhar noutro local, a entrevista vai ser mais tranquila com menos pressão e essa é uma óptima oportunidade para brilhares (e não para te desleixares), prepara tudo ao pormenor (roupa, discurso, respostas e também algumas perguntas)
 
Agradece a quem te recebeu para entrevista, através de um email – podes ganhar alguns pontos junto do recrutador
 
Mantém-te firme na luta – o teu trabalho de sonho pode só aparecer no final do ano, mas, se persistires, irá aparecer, se desistires, dificilmente acontecerá a mudança que procuras
 
Faz formação – se ainda te faltam algumas competências para o trabalho que ambicionas, investe em ti e faz um curso de formação. Dessa forma, para além de aumentares a tua rede de contactos, vais incrementar os teus skills (não te queixes já do custo que a formação pode ter, afinal existem muitas ofertas gratuita).