Como escolher uma corretora online

Se decidiste que queres investir na bolsa, uma das primeiras decisões que tens que tomar, logo depois de escolhido o investimento, é: através de que plataforma, ou banco é que o vais fazer.

Depois o processo é relativamente simples, depositar o dinheiro no local escolhido e dar a ordem de compra. Sim, o processo é simples, o difícil será sempre escolher o investimento e definir quanto deves investir na tua escolha, ou como dividir o teu dinheiro entre as várias escolhas que fizeres.

E, a verdade é que existem infindáveis hipóteses quando falamos em corretoras ou bancos, por isso, hoje quero partilhar contigo alguns aspetos que deves ter em conta para baseares a tua escolha naquilo que para ti faz sentido.

 

Que banco ou corretora tem, no seu portefólio, o investimento que quero fazer?

Lembraste de ter começado por dizer que a escolha da corretora ou banco deve vir depois da escolha do investimento? Pois é, e isto acontece porque nem todos têm o mesmo tipo e diversidade de investimentos. Logo, este é o primeiro aspeto a ter em conta.

 

Quando vou pagar por cada transação?

Da análise que fiz, quando escolhi a plataforma onde hoje invisto, percebi que, de uma maneira geral, os bancos cobram comissões mais altas pelas transações do que as corretoras online, exatamente por isso, porque são online e têm menos custos. Ainda assim, é importante tê-los em consideração dependendo do tipo de investimento que queres fazer, por exemplo, nacional ou internacional, ou da tua estratégia, de curto prazo, com muitas ordens de compra e venda, ou de longo prazo, com uma ou duas transações mensais.

Este aspeto é especialmente importante porque, podes conseguir obter um grande lucro do teu investimento, mas, se pagares um valor elevado por compra e venda dos teus títulos, onde pela gestão dos mesmos, acabas por ter uma grande queda de rentabilidade.

 
Credibilidade da entidade onde vais fazer os teus investimentos?

Não costumo aconselhar que te movas em rebanho, ainda assim, é importante escolheres algo seguro quando falamos do sítio onde vais fazer os teus investimentos. Assim sendo, se escolheres uma plataforma recôndita, que ninguém conhece, é muito provável que esteja a correr um grande risco.

Por isso, as perguntas que deves fazer são: É credível? Está regulada pela autoridade responsável do seu país? Já leste a opinião de outros utilizadores a as reclamações que foram feitas?

Nenhuma plataforma é perfeita, por isso é importante saberes o lado bom e o lado mau da que escolheres.

 
Iteração dentro da plataforma

A usabilidade da plataforma para mim é importante. Ser fácil de pesquisar, de fazer a primeira análise sobre o investimento, de dar ordens de compra e venda, de consultar a minha carteira. Eu valorizo todas estas questões, mas reconheço que elas não são indispensáveis quando fizeres a tua escolha.

 
Conteúdos disponibilizados na corretora online ou banco

Confesso que este ponto para mim é quase irrelevante, mas sei que há muitas pessoas que o valorizam.

Como analiso todos os meus investimentos fora da plataforma, não fico muito presa ao conteúdo que esta disponibiliza. Ou seja, quando compro uma ação analiso as Apresentações de Resultados das empresas e quando escolho um ETF analiso a Ficha de Produto, por isso, o gráfico histórico que uma plataforma disponibilize para mim é o suficiente para uma análise rápida, que me permite saber se quero ou não saber mais sobre aquela empresa ou ETF.

Ainda assim, se queres fazer uma análise superficial este pode ser um ponto a ter em conta.

 
Esclarecimento de dúvidas

Seja uma boa página de FAQ ou um atendimento ao cliente rápido e de acordo com aquilo que tu precisas, por exemplo, se tens dificuldade com o Inglês, pode ser importante garantires que a tua plataforma permite um esclarecimento de dúvidas em português, é importante teres esta questão em conta.

E é muito simples de perceber se está à altura das tuas necessidades, basta navegares algum tempo no site da empresa e verificares se encontras respostas para as tuas perguntas iniciais.

 
Leituras que me ajudaram a decidir que corretora online ou banco escolher

Para terminar quero deixar-te algumas sugestões de leitura que te vão ajudar muito nesta decisão, porque me ajudaram a mim quando fiz a minha análise.

A primeira é do site da Bárbara Barroso, uma das maiores especialistas em finanças do nosso país: O que preciso para começar a investir em bolsa

A segunda, um análise da Proteste Investimentos e de uma estudo que fizeram sobre  As melhores corretoras online para investir na Bolsa