Como começar a Investir?

Quase que juraria a pés juntos que já és uma investidora e já vou explicar porquê. Mas, se ainda não és, lê este artigo até ao fim e eu vou explicar-te como podes começar a investir já, mesmo com pouco dinheiro!

 
Quem é investidor?

Investidor é alguém que investe, tempo ou dinheiro, ou ambos, ou ambos, com o intuito de receber algo em troca. Se estivermos a falar especificamente nesta nossa área de finanças, é alguém que investe tempo, ou dinheiro, com o intuito de ter um retorno financeiro. Nunca esquecendo que este pode ou não acontecer.

 
Que tipos de investimentos existem?

Existem inúmeros tipos de investimentos e estes investimentos podem ter graus muito diferentes em termos de risco. Vou dar-te alguns exemplos.

 
Investimentos com baixo risco

São aqueles que provavelmente já fazes, mas que nem sempre consideras investimentos. Certificados de Aforro, Certificados do Tesouro, Depósitos a Prazo, Seguros PPR, uma formação para te valorizar enquanto profissional (sim, também é um investimento!).

 
Investimentos de médio risco

Este são aqueles que, embora já envolvam algum risco, este risco pode ser minimizado se utilizares algumas estratégias e tomares alguns cuidados. São, por exemplo, investimentos no mercado imobiliário, criação de um negócio próprio, ETF, Fundos PPR e Obrigações.

 
Investimentos de grande risco

Por fim, há investimentos que mesmo com uma estratégia bem estruturada te podem fazer perder muito dinheiro. São exemplos disto os investimentos em plataformas P2P, Acções, Cripto moedas e FOREX, sendo que as duas últimas são de tal forma arriscadas que desaconselho quase a 100%.

Passo a passo para começares a investir
 
Estudar 

Este tinha ser o primeiro conselho, não me canso de dizer que NUNCA deves subscrever nenhum tipo de investimento sem teres consciência de onde estás a colocar o teu dinheiro.

 
Pagar dívidas

Antes de pensares em qualquer tipo de investimento, é muito importante que pagues as tuas dívidas e te libertes desse peso que faz uma grande diferença na tua vida financeira.

 

Fundo de Emergência

Criar o Fundo de Emergência é o primeiro passo para teres segurança a nível financeiro. E aqui já podes estar a fazer o teu primeiro investimento. Mas sobre o Fundo de Emergência, conto-te tudo NESTE artigo.

 

Reforma

Preparar a reforma, pode ser o teu segundo investimento e o teu primeiro passo para a diversificação. Se a tua opção de investimento para a idade de reforma recair sobre um PPR, também podes ler ESTE artigo e saber tudo sobre como escolher o melhor PPR para ti.

 

Perfil de Investidor

Saber qual é o teu perfil de investidor é indispensável para começares a investir. Como é que te sentes quanto à possibilidade de perderes o teu dinheiro em algum tipo de investimento? Qual é o grau do teu envolvimento emocional? És tolerante ao risco, pouco tolerante ou moderado?

 

Escolher o investimento (s)

Decidir que tipo de investimento podes fazer de acordo com o teu perfil de investidor, tendo sempre em conta que, quando mais risco, maior a probabilidade de um retorno e menos risco terá sempre um retorno mais baixo. Neste ponto quero também dizer que nunca te deves sentir obrigada a nada. Se tens um perfil muito conservador, não há problema nenhum em fazeres investimentos com baixo risco durante toda a vida.

 

Diversificação

A diversificação é a melhor forma de conseguir mitigar o risco, por isso, começa de forma gradual, por investimentos de muito baixo risco e, aos poucos, vai lendo mais e aprendendo de que forma podes fazer novos investimentos de igual ou maior risco.

 

Analisar

Sim, os investimentos precisam de ser analisados, com maior ou menor periodicidade. E isto acontece porque precisas de perceber se a sua rentabilidade está de acordo com as tuas expectativas para que possas tomar a decisão de o manter ou mudar, de acordo com a tua estratégia. Por isso, se já tens algum investimento, sugiro que comeces por este ponto e que percebas como vão os teus actuais investimentos.

Já sabes que qualquer estão estou sempre por aqui, por isso, escreve-me para o email info@economisses.pt, ou por mensagem privada no Instagram e deixa-me as tuas questões, ou sugestões para novos artigos que sejam realmente importantes para ti!